Paraná tem primeiro semestre com menor número de homicídios dos últimos 11 anos

Please enter banners and links.

O Paraná registrou no primeiro semestre deste ano uma queda de quase 10% no número de homicídios dolosos em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 1.123 casos em 2017 e 1.016 ocorrências de janeiro a junho de 2018. Uma diferença de 107 mortes a menos. O número é o menor já registrado desde 2007, quando a Secretaria de Estado da Segurança Pública iniciou o levantamento. Em 2010, por exemplo, no primeiro semestre foram contabilizadas 1.795 homicídios – quase o dobro do que foi registrado nos primeiros seis meses deste ano.
Em Curitiba, a queda foi ainda mais significativa: de 177 para 152 casos nos seis primeiros meses do ano – uma redução de 14,12%. Quando comparado a 2010, a redução é de 62%. Foram 404 homicídios dolosos no primeiro semestre de 2010 contra 152 em 2018.

Em 193 municípios do Paraná, quase metade das cidades do Estado, não foi registrado nenhum homicídio doloso nos primeiros seis meses de 2018.

Os dados sobre os homicídios foram tabulados pela Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape) da Secretaria da Segurança Pública do Paraná. “Os números são muito  satisfatórios, até em comparação com outros estados. Tivemos uma importante redução ao se comparar com os primeiros semestres dos anos anteriores”, avaliou o secretário da Segurança Pública, Júlio dos Reis. Ele lembrou que, por exemplo, em 2018 há uma redução de 62% com relação ao ano de 2010, em Curitiba. Em Londrina houve uma redução de 43% em relação a 2010 e 55% com relação ao último ano.

“Isso se deve, com toda certeza, a dedicação de todos os policiais, integrados. A polícia militar fazendo o policiamento preventivo e a polícia civil, que aperfeiçoa os trabalhos de investigação,  contando com o apoio importantíssimo da polícia científica na elaboração de perícias”, complementou.

A 18ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP) de Apucarana foi a que apresentou a maior queda no índice de homicídios, 54,17%. O número de ocorrências nos 26 municípios que abrangem esta regional baixou de 24 casos em 2017 para 11 em 2018. Já a 11ª AISP, que compreende Cascavel e outros vinte e um municípios da região, apresentou redução de 42% (passou de 64 ocorrências na primeira metade de 2017 para 37 no mesmo período deste ano).

Londrina e outros quatro municípios, que englobam a 20ª AISP registraram 42 casos de homicídio a menos se compararmos o primeiro semestre deste ano com o do ano anterior – 78 ocorrências e em 2017 para 36 em 2018, uma redução de 54%. Acompanhando a tendência de queda estadual, a 2ª AISP, que compreende 22 municípios da Região Metropolitana de Curitiba, reduziu em 16,2% os casos de homicídio doloso (252 nos primeiros seis meses de 2017, contra 211 no mesmo período em 2018).

Na 10ª AISP de Francisco Beltrão a redução foi de 35% (sete homicídios a menos se compararmos os primeiros semestres de 2017 e de 2018). Dos 26 municípios desta AISP, 15 não registraram homicídios durante o primeiro semestre deste ano e outros 10 municípios registraram apenas um homicídio. Somente o município de Francisco Beltrão teve uma redução de 25% (quatro casos nos seis primeiros meses de 2017 e três casos no período de 2018).

O relatório pode ser acessado clicando no link: www.seguranca.pr.gov.br/arquivos/File/Relatorio_Mortes_PR_1Semestre2018.pdf

(Agência Estadual de Notícias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *